Ontem, 26 de agosto, aconteceu a segunda edição do land2land Connect, com foco no ecossistema de inovação de Santiago, no Chile. O encontro obteve mais de 170 acessos durante sua transmissão ao vivo pelo canal da Anprotec no Youtube ao reunir importantes ambientes de inovação chilenos, que apresentaram oportunidades de softlanding e programas de aceleração e incubação às startups brasileiras com interesse em iniciar ou acelerar seu processo de internacionalização no país.

O land2land Connect é uma iniciativa

do Projeto de Internacionalização de Empresas Inovadoras, land2land, que visa o desenvolvimento da competitividade de empreendedores no Brasil e no exterior a partir de capacitações para internacionalização, matchmaking com empresas sinérgicas e promoção de inserção dos produtos no mercado internacional.

Nesse sentido, após o lançamento da iniciativa com a edição Lisboa, o ecossistema de Santiago foi o segundo debate de uma série de seis encontros virtuais com oportunidades de internacionalização em diferentes ecossistemas de inovação mundiais. A próxima edição acontece no dia 29 de setembro e trará especialistas de Toronto, no Canadá. As inscrições serão abertas em breve.

Moderado pelo diretor de relações internacionais da Anprotec, Rodrigo Mendes, o land2land Connect Santiago teve início com a participação do gerente de inovação do Sebrae Nacional, Paulo Renato Cabral, que falou sobre a iniciativa dos encontros virtuais, a escolha dos ecossistemas e a programação do dia.

A primeira apresentação do dia foi do chefe do Setor de Promoção Comercial (SECOM) da Embaixada do Brasil em Santiago, João Gabriel Leite, que falou sobre a cooperação econômica e digital entre o Brasil e o Chile (Acordo de Livre Comércio Brasil-Chile, 2019, e Memorando de Entendimento sobre Cooperação em Telecomunicações e Economia Digital, 2020) oportunidades para empresas inovadoras brasileiras e os serviços de apoio do SECOM. De acordo com ele, o Chile está em 33º lugar no Índice de Competitividade Global, e as principais áreas de oportunidades são as de mineração, varejo e financeira.

Em seguida, o sócio e diretor de proje

tos da Innspiral Aceleradora e Consultoria em Inovação, Carlos Fernandez, apresentou como as grandes empresas podem colaborar com as startups para acelerar seus processos de inovação e transformação digital. Ele ressaltou as vantagens e os aprendizados do processo de inovação aberta e expôs o caso do Walmart Chile.

O executivo de promoção de investimentos da InvestChile, Juan Pablo Garnica, apresentou a instituição que apoia investidores estrangeiros ao oferecer serviços específicos para cada fase dos projetos e assessoria personalizada e individual para facilitar a instalação de negócios no Chile. Segundo ele, são mais de 700 empresas assessoradas todos os anos.

Já o gerente de investimentos e financiamentos na Corporação para a Promoção da Produção (CORFO), Luís Felipe Oliva, apresentou os programas nos quais a instituição apoia a indústria de capital de risco no Chile para estimular o investimento privado em empresas e empreendimentos, desde os estágios iniciais de desenvolvimento até aqueles de maior consolidação.

A penúltima participação do encontro foi do diretor de empreendedorismo do Centro de Inovação da Universidade Católica do Chile, Alex Parnas, que citou a cultura de empreendedorismo da instituição e os estilos de apoio ao empreendedor, como o Programa de Ideação e Aceleração, Apoio à Empreendimentos em Etapas Avançadas, Empreendedorismo Social, e Rede de Mentores.

O encontro foi finalizado com a participação de Maria de los Angeles Romo, gerente do programa Start-Up Chile, que já apoiou 1960 startups de 85 países desde o final de 2018, sendo 27,4% do Chile e 72,6% estrangeiras. A participação brasileira é de 4,9%.

CLIQUE AQUI e confira o vídeo do debate na íntegra!

Sobre as próximas edições do land2land Connect

Assim como as edições de Lisboa e Santiago, outras estão previstas para acontecer mensalmente com diferentes ecossistemas de inovação ao redor do mundo, como Toronto, no Canadá; Xangai, na China; Boston, nos Estados Unidos; e Paris, na França.

Toronto – 29 de setembro

Xangai – 28 de outubro

Boston – 10 de novembro

Paris – 24 de novembro

Os eventos são gratuitos e com cadastro de inscrição obrigatório.

O land2land Connect é uma iniciativa da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), e do Programa de Diplomacia da Inovação, do Ministério das Relações Exteriores (MRE).